sucesso

1. A ENTREVISTADA QUE CONQUISTA

Até que ponto posso mentir um pouco, forçar uma personalidade que não é a minha mas se encaixa bem na cultura da empresa?
BAMBERG: É uma cilada tentar enrolar o entrevistador – ele percebe.

Como mostrar que está ali para discutir um projeto, e não para mendigar trabalho?
ENTSCHEV: Apresente-se com firmeza e convicção, faça perguntas sobre o cargo, os produtos e serviços que a organização oferece aos clientes. E esqueça frases como “Preciso deste emprego”. Afinal, você não será contratada para resolver o seu problema, e sim o da empresa.
BAMBERG: As pessoas normalmente procuram emprego, e não oportunidades. Então, você vai se destacar se oferecer soluções, mostrar-se.

É importante entrar em contato depois?
WONG: Vale mandar um e-mail agradecendo a entrevista e fazendo um link com a conversa que vocês tiveram, citando algum assunto abordado. Isso vai levá-lo a ter uma boa sensação sobre você. Mas escreva sem exageros nem bajulações, porque senão o efeito será contrário.
ENTSCHEV: Ao final da entrevista, pergunte quanto tempo levarão para decidir a vaga e quais serão os passos seguintes. Só ligue para saber uma posição depois desse período.

2. DINÂMICA DE GRUPO, O DESAFIO

Pega mal recusar algum procedimento proposto nas dinâmicas?
GUERI: De forma alguma. Se você não concorda com algum procedimento, não faça.
ENTSCHEV: Mas explique o motivo da recusa com firmeza e clareza, sem se alterar.

Se o objetivo for confrontar alguém, dá para fazer isso sem cair numa armadilha?
ENTSCHEV: A confrontação deve ser sempre de ideias, de projetos, e não de opiniões pessoais.

3. DINHEIRO: ASSUNTO DELICADO

Quando perguntar sobre remuneração?
BAMBERG: Se o recrutador não tocar no assunto, fale no final da entrevista.
ENTSCHEV: Mas não vá direto ao ponto. Prefira perguntar sobre as condições da contratação e os benefícios que a empresa oferece.

Como pedir um salário maior que o oferecido?
WONG: Negociar salário é uma arte difícil. Você não deve maximizá-lo, e sim otimizá-lo. Por exemplo, tentando chegar ao meio-termo com relação aos benefícios que a empresa oferece. E as sérias têm política salarial: você entra na faixa-base e vai crescendo por seus resultados.

COMO IMPRESSIONAR EM 5 MINUTOS

Os recrutadores dizem que esse é o tempo que levam para decidir contratar ou não o candidato. E que, uma vez criada a primeira impressão, revertê-la é muito difícil. Como ganhar o entrevistador?

ENTSCHEV
Os primeiros cinco minutos servem para criar o rapport (relação de confiança). Portanto, se quer ser executiva, precisa portar-se como tal. E não estou dizendo apenas na maneira de se vestir. Muitas acham que isso basta. Mas é preciso ir além e ter atitude. Procure também não deixar que a ansiedade inicial a leve a completar frases do recrutador.

GUERI
Segundo pesquisas de universidades americanas, esse tempo é menor: em segundos, seu futuro já estará traçado. Por isso, um aperto de mão firme faz mais diferença do que você imagina.

BAMBERG
Crie empatia, porque conta muito. Para isso, note logo de início se o entrevistador é do tipo que conduz ou que deixa você falar – e calibre sua comunicação baseando-se nisso. Agora, lembre-se de que ele dará um desconto a tropeços, de acordo com sua experiência e cargo pretendido. Não precisa sentir como se tivesse colocado tudo a perder.

WONG
É importante estabelecer uma boa química, fazendo perguntas inteligentes, demonstrando um interesse genuíno. Mas, se ocorrer um eventual deslize, dá sim para reverter o processo até o final!

Com essas dicas ficamos ainda mais Super!

Fonte: http://nova.abril.com.br

Founder do Super Secretária Executiva, Michele Tesser Pedroso é formada pela UNINTER em Secretariado Executivo Trilingue, desde 2009.





entrevista-emprego-110108
  1. Angela says:

    Olá
    Preciso muito da ajuda de voces, aceitei uma proposta para trabalhar como secretária executiva, já trabalg=hava na empresa em outro setor.
    Já estou trabalhando e até agora ninguém mencionou sobre o salário.
    Como devo perguntar?
    Ou melhor devo perguntar?

    Sei que não poderia ter aceito sem fazer está pergunta, mas agora tenho vergonha de perguntar.

    Please, me ajudem….

    Bjus….

Click Here to Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>