rh

Você se formou em uma faculdade, dedicou anos de estudo para uma profissão, mas atualmente trabalha em uma área que não tem nada a ver com a sua? Isso é mais comum do que parece e muito comum dentre as secretárias.

O curso de Secretariado Executivo é muito abrangente. Dá bases de contabilidade, marketing, gestão de pessoas, entre outras coisas. Por isso é comum que secretárias atuem em diversas áreas, não somente secretariado. Isso é bom, porque a carreira do profissional de secretariado é cheio de opções.

É comum que secretárias com habilidades específicas sejam desolacadas do cargo de secretária para outra função. Isso é ótimo! Significa novos desafios, novas metas, novas chances de crescimento, etc.

A partir de agora o Super Secretária Executiva vai tentar trazer experiências de secretários e secretárias que mudaram de profissão com sucesso… ou não! E a primeira história começa agora:

Entrevistamos Janaina Miquelleto Tolotti, formada em secretariado executivo trilingue pela Faculdade Internacional de Curitiba – FACINTER, secretária de uma multinacional canadense há 7 anos, sendo que trabalhou durante 2 anos na área de Recursos Humanos.

SSE: Janaína, você é formada em secretariado executivo e trabalhou por 2 anos no departamento de recursos humanos de uma grande empresa. Quais foram as maiores dificuldades que você enfrentou nesse setor?

Jana: Acredito que o RH é o coração de uma empresa pois tudo acontece de uma forma muito rápida e dinâmica. As pessoas geram lucros e resultados e quando estão satisfeitas trabalham com orgulho e prazer (vestem a camisa mesmo). Acredito que o papel do RH está atrelado ao sentido de, além de se fazer cumprir as leis trabalhistas conciliando empregado x empregador, ser o termômetro entre os dois buscando atender as políticas da compania e também o trabalhador não só na questão profissional, mas pessoal também. Como secretária desta área eu não colocaria este trabalho como uma dificuldade, mas sim como um desafio. Sua mente tem que estar aberta e preparada para constantes mudanças (mudanças diárias) e como toda secretária você tem que atender pró-ativamente à estas demandas ao mesmo tempo em que ocorrem os eventos, pagamento de fornecedores, envio de comunicado aos trabalhadores, agenda do diretor, mudança de passagens e data de viagens sem falar na montanha russa de emoções que é o RH simplesmente porque é ali em que as pessoas despejam suas ansiedades, desejos, satisfações, insatisfações… O ponto chave para você ser uma secretária de RH é o equilíbrio. Este é o desafio!

SSE: Com a formação que você teve, sentiu-se preparada para atuar como assistente de RH?

Jana: A graduação permite que você tenha um conhecimento de todas as áreas de uma empresa. É por esta razão que o curso de secretariado executivo é tão interessante, pois ele te dá uma abrangência que vai desde finanças até questões jurídicas, marketing, estatística, etc. A formação nos deixa atuar em qualquer área e depois que você entra no mercado de trabalho cabe à secretária optar pela área em que ela mais se identifica e se aprofundar através de uma pós graduação ou MBA.

SSE: Qual a rotina de um funcionário que trabalha no RH?

Jana: A rotina de um funcionário de RH depende da sub área em que ele atua. O profissional de T&D (treinamento e desenvolvimento de pessoas) tem uma rotina mais dinâmica, precisa ter mais criatividade. O profissional que atua na área de benefícios tem que cumprir prazos, protocolos, então deve ser uma pessoa mais centrada e reservada para conciliar questões dos colaboradores. O profissional que atua na área de remuneração e questões trabalhistas acredito que tenha o perfil parecido: de estar atento às mudanças que o mercado exige. Esta é a minha percepção em dois anos atuando na área de RH.

SSE: Em sua opinião, o curso de secretariado executivo te deu conhecimento suficiente para atuar nesta função?

Jana: O curso nos dá uma noção abrangente de tudo, mas eu não diria suficiente. Como citei acima, cabe à secretária, depois de formada, optar pela área em que ela mais gosta de atuar.

SSE: Quais são os maiores desafios de trabalhar diretamente com as pessoas dentro das empresas? Sendo que no RH há admissões e demissões?

Jana: Lidar com admissão é sempre mais fácil, bem diferente de uma demissão que as vezes acontece com um pai de família que depende daquele trabalho para sustentar seus filhos. O papel que temos como secretária é de sempre ser discreta e manter o sigilo sobre as rotinas que acontecem internamente no setor. Não cabe à secretária, neste contexto, agir ou interferir neste tipo de situação.

SSE: O setor de RH, costuma desenvolver projetos para motivar ou promover funcionários?

Jana: Com certeza e esta é a parte mais legal na minha opinião porque geralmente envolve eventos a serem realizados que lógico, cabe à secretária organizar. Partindo da área de RH acontecem as confraternizações (como festa de final de ano e aniversários mensais), lembranças de páscoa, dia das mães, dia dos pais entre outras que eventualmente surgem para motivar ou integrar uma equipe.

SSE: Como é a situação quanto ao sigilo de salários?

Jana: Você tem que ter ética e muita discrição pra lidar com isto porque as vezes as pessoas perguntam se você tem acesso à estes dados. No meu caso eu respondia sempre que não tinha acesso à nenhuma destas informações.

SSE: Para as secretárias que gostariam de trabalhar no recursos humanos e gestão de pessoas, que dicas você dá?

Jana: Com certeza ser receptiva, ter uma boa comunicação e discrição. A circulação de pessoas diariamente dentro do RH é grande e com estes atributos você pode ser uma boa secretária de RH, sem perder o foco, claro!

SSE: Jana, toda a equipe do Super Secretária Executiva agradece muito a sua participação. Temos certeza que o conteúdo será super útil para aquelas secretárias que admiram recursos humanos e para aquelas que procuram uma área para se especializar. =]

Se você é formada em secretariado executivo e trabalhou ou trabalha em outra área e também quer participar, deixe um comentário aqui neste post. Entramos em contato =D

Founder do Super Secretária Executiva, Michele Tesser Pedroso é formada pela UNINTER em Secretariado Executivo Trilingue, desde 2009.





marketing-home-office
executivas-entrevista-empre
  1. Joseane Pereira Burgheri says:

    Boa Tarde,

    Adorei a iniciativa, pois percebo que isso ocorre muito. Eu comecei na Artmed Panamericana Editora como Secretária Editorial, após 9 meses de empresa fui convidada a atuar como Analista de Produção Editorial. Fiquei muito contente pela oportunidade e pela visibilidade da empresa em me proporcionar crescimento.

    Abraço,

    • Michele says:

      Olá Cleonice,

      Ficamos contentes em saber que gostou.
      Fique a vontade para sugerir conteúdos e tirar dúvidas.
      Você deve ver qual área você gosta mais… financeira, RH, contábil ou secretária mesmo e aí sim fazer um curso de especialização.

      Beijos e uma super semana ;)

  2. rosemirene says:

    olá.
    me identifiquei bastante com a situação da jana, até porque estou saindo de 10 anos de rh, estou me profissionalizando aqui em curitiba para ser uma otima secretaria executiva trilingue. adoro as materias do site.

    abraços

    Rosemirene

    • Michele says:

      Olá Rose,

      Obrigada! Fico muito contente em saber que gostou do conteúdo.
      Fique a vontade para sugerir temas e tirar dúvidas.
      Boa sorte nessa nova fase da sua vida, tenho certeza que você vai arrasar, você é super!
      Nos conte como estiver indo ok?

      Beijos e uma ótima semana ;)

  3. Aurelia Camilo says:

    Realmente atuar como secretária na área de RH é uma tarefa das mais exigentes, principalmente porque o público interno quando procura o setor pessoal geralmente quer um atendimento diferenciado, urgente e que atenda suas expectativas como funcionário. Atuo há 03 anos como secretária de uma grande Empresa e me sinto na tarefa de conhecer um pouco de tudo para filtrar os pedidos, encaminhando-os para os responsáveis somente o que realmente não posso solucionar na administrativa.

  4. Aline says:

    olá, encontrei esse blog hoje e estou AMANDO…principalmente esta matéria…Sou secretaria executiva e gosto muito dessa profissão, mas sempre sonhei com o RH em especial o R&S…Espero que um dia eu chegue lá rssss

  5. Jailma Silva says:

    Estou me formando em secretariado executivo. Estou aplicando o questionário para meu tcc, Será que vocês podem me ajudar respondendo as seguintes perguntas:

    O que aprendi no Curso o que aprendi fora dele.

    Quais competências são adquiridas na formação dos alunos do curso de secretariado quando estão estagiando.

    Desde já Gradeço.

Click Here to Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>