writer1

Todos sabemos o quanto é importante escrever bem. Porém, ninguém está livre de cometer deslizes, seja puramente por descuido, ou porque realmente não se sabe que está errando. Quem é que nunca escreveu uma palavra de determinada forma, jurava que estava certo, e acabou descobrindo que não era bem assim?

Alguns erros menores , algumas vezes, acabam passando despercebidos. Mas há coisas que não tem como não perceber… e essas sim, podem acabar com a imagem do autor.

O pior de tudo quando se trata de escrita é quando o indivíduo escreve pensando estar certo, quando na verdade está carregado de erros ortográficos. Por isso, continua valendo a máxima: informe-se! Leia muito, procure conhecer sua língua ao máximo. Aprenda sempre. Lembre-se de que você não é a única pessoa com dúvidas, mas não precisa fazer parte do time daqueles que não procuram respostas.

Temos muitas dicas de Língua Portuguesa que com certeza irão auxiliá-la… mas hoje, vamos falar daqueles probleminhas que nunca podem acontecer:

– Palavras com acento quando eles não deveriam estar lá… na dúvida, deixe sem acentuação, é melhor.

– Algumas trocas que ficam muito feias: “x” por “ch”, “s” por “c” ou por “z”, “ss” por “ç” (ou vice-versa para todos). Se estiver em dúvida, não escreva! Procure um dicionário ou encontre um sinônimo do qual você conheça a escrita. Mas não corra o risco de errar.

– Cuidado com os plurais: sempre concorde artigo com substantivo. Nunca, mas nunca mesmo, deixe que sejam escritas (ou faladas) coisas do tipo: ” os funcionário” ou “as folha de pagamento”.

– Lembre-se: “a gente” é singular, “nós”, é plural. Portanto, “a gente iremos” = errado. “A gente vai”= correto. “Nós vai”= jamais! “Nós vamos”= certíssimo. Muito cuidado com estas palavras.

– Pronomes exigem especial atenção: depois de “mim”, nada de verbos. Por isso, “Traga um copo de água para mim beber” está errado, mas “traga um copo de água para eu beber” está certo.

– Você pode até virar piada caso seu erro de escrita chame muito a atenção. Por isso, cuidado! Já vi até sapo escrito com “ç”, e o autor da palavra aguenta as piadas até hoje…

– O sentido de uma palavra pode mudar totalmente por causa de uma letra. “Sexta” é um dia da semana, “cesta” serve para colocarmos produtos dentro dela. O som é o mesmo, mas o significado é outro. Atenção a estas palavras.

Fica a dica: escrever bem não denota só cultura, mas também postura, etiqueta, conhecimento. Portanto, fique atenta! Escreva cada vez melhor e continue mostrando a excelente profissional que você é!

Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, especialista em Língua Portuguesa e Literaturas pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória - PR. Mestre em Estudos de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina.





letras
livros
  1. Tatiana says:

    Meu nome é Tatiana e trabalho em uma agencia de marketing na Espanha. Gostaria que participase de uma de nossas campanhas no Brasil. Se trata de publicar um post em seu blog sobre uma das temáticas da página do meu cliente. Se está interessado na colaboração, me escreva e te enviarei as informações necessárias para começar o trabalho
    Abraços,
    Taty

    • Regi says:

      Olá Camila!Primeiramente, obrigado pela sua visita ao nosso site!
      Ficamos contentes em saber que você gosta do conteúdo trabalhado.
      Esteja à vontade para sugerir temas e dar ideias, ok?
      Bjs e um ótimo começo de semana!

Click Here to Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>