palavras

Já que não falamos sobre o assunto há um tempo, hoje trazemos para você mais um super tira-dúvidas de Língua Portuguesa!

Quem é que nunca teve dúvidas sobre como e quando usar as palavras: “onde”, “aonde” e “donde”?

Veja só como é fácil diferenciar estas palavrinhas:

ONDE é estável, ou seja, não dá ideia de movimento. Portanto, quando estamos nos referindo a lugares estáveis, utilizamos ONDE.

Para saber se o uso da palavra está correto, substitua por “em que lugar“. Caso a troca seja realizada com sucesso, você está utilizando adequadamente o termo. Fique atenta: você também pode substituir por “em que“, desde que esta expressão esteja se referindo a um lugar.

Ex: – Onde estamos (em que lugar?)

– Não sei onde fica a casa nova de Julia. (em que lugar?)

– Essa é a casa onde moro. (em que = lugar)

– O país onde vivemos é fantástico. (em que = lugar)

AONDE indica movimento e direção. Portanto, substitua sempre por “para onde”.

Ex:  –   Aonde você vai? (para onde)]

– Ele não quis me contar aonde levaram os documentos. (para onde)

DONDE indica origem. Portanto, sempre pode ser substituído por “de onde.”

Ex: – Donde vieram seus pertences? (de onde)

– Você precisa me explicar donde vem este dinheiro. (de onde)

 

Viu como é simples? Memorize nossas regras e não erre mais, Super Secretária Executiva!

Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, especialista em Língua Portuguesa e Literaturas pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória - PR. Mestre em Estudos de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina.





palavras

Deixe uma resposta para Mary Rodrigues Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>