O tempo é um recurso precioso que não pode ser recuperado. Empregadores de todas as áreas reconhecem isso e sabem que pessoas que usam o tempo efetivamente, também usam o dinheiro efetivamente. Isso faz do gerenciamento de tempo uma das habilidades mais valiosas no mercado de trabalho atual. Mas muito mais do que não ser preguiçoso, o gerenciamento de tempo bem sucedido é uma disciplina que requer paciência, humildade e inteligência.

1. Inicie cedo e conheça prazos
Começar um projeto cedo te dá mais tempo para planejar e permite que você lide com complicações de uma maneira mais relaxada. Isso também pode resultar em terminar mais cedo, dando-lhe uma vantagem sobre o próximo projeto. Também é importante diferenciar projetos de curto e longo prazo. Gastar muito tempo em um projeto maior e deixar um menor de lado é contraproducente. Liste objetivos diários para ambos os tipos de projeto, tendo os prazos em mente.

2. Procure conselhos e delegue funções

Você não conhece tudo. Fazer algo da forma errada porque você é orgulhoso demais para pedir conselhos não é somente tolice, mas representa o desperdício de um tempo valioso. Não importa quão complexo é o conselho, ele é mais rápido e fácil do que começar tudo de novo. Delegar tarefas salva o tempo de todo mundo. De qualquer maneira, tenha certeza de que seus delegados são qualificados e estão bem informados sobre suas funções. Ter que explicar as coisas a toda hora significa perder o tempo de todo mundo. Cheque, de tempos em tempos, se seus subordinados estão mesmo fazendo seus trabalhos.

3. Tenha um plano B

Flexibilidade é um elemento crucial do gerenciamento de tempo efetivo. Enquanto ainda estiver na fase de planejamento do projeto, antecipe os problemas antes que eles ocorram e tenha planos para eles. Dessa forma, quando eles surgirem, você estará preparado e não terá que perder tempo formulando respostas totalmente novas. E como ninguém pode prever todos os contratempos, esteja preparado para ter que mudar o caminho se for necessário.


4. Aprenda a dizer “não”

Tente analisar cada projeto por ângulos diferentes. A chave é nunca estar em pânico e sem ideias.

Não importa quão atarefado esteja e como efetivamente gerencia seu tempo, você não pode fazer tudo. Ser honesto sobre você mesmo e suas limitações é uma economia de tempo e frustração. Isso também faz de você um trabalhador mais eficaz, já que o que você rejeitar deve ir para alguém mais qualificado.

Resumindo, não queira ser autossuficiente! Fazer tudo sozinho, além de ser extremamente cansativo, pode fazer com que você deixe passar detalhes que seriam facilmente percebidos caso contasse com a ajuda de alguém! Por isso, preze sempre pela qualidade do que você faz, preservando seu trabalho e você mesmo!

Professora de Língua Portuguesa e Língua Inglesa, especialista em Língua Portuguesa e Literaturas pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de União da Vitória - PR. Mestre em Estudos de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina.





blog

Deixe uma resposta para Michele Cancel Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>